foto

Agenda Proximas Cobertura Fotograficas e Divulgacao Eventos







ALBUM DE FOTOS EVENTOS >>>ABAIXO<<<





EVENTOS

24/10/2014: SextaNeja Sertanejo com Gleydson e Rodrigo, no Espaço VIP em Pontalina-Go

24/10/2014: SextaNeja Sertanejo com Gleydson e Rodrigo, no Espaço VIP em Pontalina-Go

  24/10/2014: SextaNeja Sertanejo com Gleydson e Rodrigo, no Espaço VIP em Pontalina-Go...

NEWS PONTALINA-GO

NEWS GOIÁS

NEWS BRASIL/ MUNDO

21/10/2014: FORMATURA 2014 PROERD nossas crianças longe das drogas! ( Programa Educacional de Resistencia as Drogas e Violencia) 14:00 no Ginásio de Esportes de Pontalina-Go

FORMATURA 2014 PROERD
nossas crianças longe das drogas!
O comandante Geral da Policia Militar, Coordenação Estadual do PROERD-GO e o Comandante da 10º CIPM-Cia dos Pomares juntamente com a Prefeitura Municipal de Pontalina convidam a todos para participarem da formatura do PROERD ( Programa Educacional de Resistencia as Drogas e Violencia). hoje dia 21/10/2014 as 14:00 horas no ginasio de Esportes.
Francisco Leônidas da Silva Major QOPM- Comandante da 10ª CIPM de Morrinhos- GO.

PROERD-
>NO BRASIL O PROGRAMA FOI IMPLANTADO EM 1992 E HOJE CONTA COM 04 CURSOS: PROERD PARA EDUCAÇÃO INFANTIL, PROERD PARA O 5º E 7º ANOS DO ENSINO FUNDAMENTAL E O CURSO PROERD PARA PAIS. DIRIGIDOS PELAS POLÍCIAS MILITARES.

>AS AULAS ACONTECEM UMA VEZ POR SEMANA AO LONGO DO SEMESTRE LETIVO, ONDE O POLICIAL PROERD É ACOMPANHADO PELO PROFESSOR RESPONSÁVEL PELA TURMA. O PROGRAMA CONSISTE EM UMA AÇÃO CONJUNTA ENTRE O POLICIAL MILITAR DEVIDAMENTE CAPACITADO, CHAMADO DE POLICIAL PROERD, PROFESSORES, ESPECIALISTAS, ESTUDANTES, PAIS E COMUNIDADE NO SENTIDO DE PREVENIR E REDUZIR O USO INDEVIDO DE DROGAS E A VIOLÊNCIA ENTRE ESTUDANTES.


> BEM COMO, AJUDAR OS ESTUDANTES A RECONHECEREM AS PRESSÕES E A INFLUÊNCIA DIÁRIA PARA USAREM DROGAS E PRATICAREM A VIOLÊNCIA, E DESENVOLVEREM TÉCNICAS PARA RESISTIR A ELAS.


>O PROERD É MAIS UM FATOR DE PROTEÇÃO DESENVOLVIDO PELA POLÍCIA MILITAR PARA A VALORIZAÇÃO DA VIDA, CONTRIBUINDO, ASSIM, PARA O FORTALECIMENTO DA CULTURA DA PAZ E A CONSTRUÇÃO DE UMA SOCIEDADE MAIS SAUDÁVEL E FELIZ.]

Video:

Fonte: Márcia Moura

21/10/2014: Suposto serial killer diz que está com vontade de matar, afirma delegado, Preso há quase uma semana, ele ainda pediu bebida alcoólica e revistas. Segundo a polícia, vigilante de 26 anos confessou ter matado 39, em Goiânia-Go.

Do G1 GO, com informações da TV Anhanguera

fotoTiago está preso há uma semana (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

O vigilante Tiago Henrique Gomes da Rocha, de 26 anos, apontado como o autor de 39 mortes em Goiânia, disse aos policiais na madrugada desta segunda-feira (20) que “está com vontade de matar”, segundo revelou o delegado Eduardo Prado. O jovem segue preso, sozinho, em uma cela da Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc).

“Ele perguntou para os agentes [que] se  matar algum indivíduo dentro do presídio [se] ele responderá criminalmente por isso. Muito estranha a atitude e as conversas desconexas que ele vem falando”, diz Prado.

Durante a madrugada, Tiago leu 40 revistas, fato que chamou a atenção da polícia. “Outra coisa curiosa é que ele lê de trás para frente de forma rápida, como se fosse dinâmica, lendo de forma alta”, pontua o delegado. Prado disse ainda que o motociclista pediu bebida alcoólica na cela, mas que não foi atendido.

Conforme o delegado, Tiago precisa de ser monitorado a todo momento. “A nossa preocupação é com a observação constante dele na cela. Ele não tem amor próprio, já tentou suicídio. Constantemente, quando eu estou na sala, ele pede para levar fio dental para ele. [Na] Hora que pergunta se é para suicidar ele dá uma risada sarcástica”, relata Prado.

O delegado alerta que, quando o suspeito for encaminhado a uma penitenciária, ele precisará de atenção redobrada. “Com certeza, quando encaminharmos ao presídio, a direção do sistema prisional irá ficar atenta a essa situação para ter um controle mais metódico da situação em relação a esse indivíduo, que é realmente de alta periculosidade”, afirmou.

Ainda não há previsão da transferência do vigilante, segundo a polícia.

Crimes
Tiago confessou em depoimento à polícia 39 mortes, que teriam sido cometidas desde 2011. Entre elas estão 15 dos 17 crimes investigados inicialmente pela força-tarefa da Polícia Civil. As outras vítimas são gays e moradores de rua.

O primeiro crime da série de assassinatos contra mulheres ocorreu em 18 de janeiro deste ano, quando Bárbara Luiza Ribeiro Costa, de 14 anos, foi executada por um motociclista no Setor Lorena Park. A morte mais recente foi a de Ana Lídia Gomes, em um ponto de ônibus do Setor Morada Nova.

Dois dos crimes apurados pela força-tarefa não foram assumidos pelo vigilante: a morte de Danielly Garmus da Silva, 23 anos, e a tentativa de homicídio de Daiane Ferreira de Morais, 18. Entretanto, ele confessou outras duas mortes de mulheres que eram apurados de forma independente e, após a confissão, a polícia os incluiu nas investigações. São os homicídios de Arlete dos Anjos Carvalho, 16, e de Edimila Ferreira Borges, 18.

Mesmo correndo o risco de ser capturado, o vigilante disse que, ao ver o anúncio da criação da equipe especial da Polícia Civil para investigar a série de mortes de mulheres, no dia 4 de agosto, sabia que seria uma questão de tempo até ser preso.

Com medo de ser detido, Tiago revelou que interrompeu a sequência de mortes após o homicídio de Ana Lídia Gomes, de acordo com o delegado Alexandre Bruno Barros. “Ele disse que parou porque ficou com medo de ser pego, por causa da força-tarefa. Depois voltou no último domingo [12] porque não aguentou mais, tinha que extravasar a raiva”, disse o delegado.

Segundo a Polícia Civil, o jovem também foi identificado em imagens registradas por câmeras de segurança no dia 12, próximo à lanchonete em que uma mulher foi agredida por um motociclista. O caso foi incluído na força-tarefa. Segundo testemunhas, o motociclista de capacete vermelho atirou na jovem, mas a arma falhou. Então, ele deu um chute na boca dela.

A polícia divulgou um vídeo no qual o vigilante explica onde conseguiu o revólver usado nos crimes. Questionado pelo delegado sobre o número de armas que ele possuía, o suspeito respondeu que “só uma”. “Que eu furtei em uma empresa onde trabalhei”, disse Tiago.

Na quinta-feira (16), a Polícia Técnico-Científica afirmou que os resultados de exames de balística da arma apreendida com Thiago coincidiram com os disparos efetuados em seis homicídios na capital.

‘Raiva’
Segundo os delegados que interrogaram o vigilante, Tiago tinha o costume de assistir aos noticiários no dia seguinte aos seus crimes para ter certeza se a vítima tinha morrido e qual o nome da pessoa. No entanto, ele diz que sentia remorso ao ver as reportagens. “Feliz não. Era um sentimento de arrependimento”.

Em entrevista na tarde de sexta-feira (17), o vigilante afirmou que gostaria de pedir desculpas à mãe dele e às famílias das vítimas pelos crimes que cometeu. Ele não respondeu se acredita ser doente mental, mas falou em “arrependimento” e afirmou querer um tratamento médico para se livrar do que ele define como “sentimento de raiva”.

De acordo com o defensor do motociclista, Thiago Húascar, seu cliente comentou que sofreu abusos sexuais durante a infância. O autor seria um vizinho. Além disso, o suspeito também afirma ter sofrido bullying na escola. Essas recordações trariam o tal sentimento a ele, motivando seus crimes. Para ele, o jovem é “insano” e precisa de tratamento.

Mesmo correndo o risco de ser capturado, o vigilante disse que, ao ver o anúncio da criação, no dia 4 de agosto, da equipe especial da Polícia Civil para investigar a série de mortes de mulheres, sabia que seria uma questão de tempo até ser preso.

Apesar de no início das investigações ter afirmado ter convicção de não se tratar de um único autor das mortes de mulheres, a Polícia Civil diz agora que há cerca de um mês já tinha elementos suficientes que apontavam o vigilante como o assassino nos crimes investigados pela força-tarefa.

Prisão
De acordo com o superintendente de polícia judiciária de Goiás, delegado Deusny Aparecido, antes de ser capturado, a polícia não tinha o nome do suspeito, mas já sabia de todas as suas características físicas.

Assim, no dia 10, foi emitido um mandado de prisão temporária para um “homem branco, com idade aproximada de 25 anos, aproximadamente 1,87 metro de altura, complição física atlética, sem barba ou bigode, com pelos no peito, rosto afilado, cabelos pretos, curtos e lisos e sobrancelhas grossas, que normalmente se veste bem”. O mandado também descreve que o suspeito usava capacete e motocicleta de cor preta com placa adulterada.

O vigilante foi preso na Avenida Castelo Branco, na terça-feira (14). Em seguida, ele foi encaminhado à Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), onde prestou depoimento e, de acordo com o delegado, confessou os crimes.

No ano passado, o Ministério Público Estadual ofereceu denúncia contra o vigilante por furtar uma placa de uma motocicleta no estacionamento de um supermercado de Goiânia. Imagens de câmeras de segurança mostram ele cometendo o crime. Também no ano passado, ele foi preso em flagrante em uma motocicleta com placa roubada, mas foi solto. O caso foi registrado no 5º Distrito Policial.

Fonte: http://g1.globo.com/goias

21/10/2014: Foi preso na manhã de hoje, 20/10/2014, na cidade de Pontalina, DANILLO FELIX DE SOUZA, 29 anos, por cumprimento de Mandado de Prisão Preventiva expedido em desfavor do mesmo.

 fotoFoi preso na manhã de hoje, 20/10/2014, na cidade de Pontalina, DANILLO FELIX DE SOUZA, 29 anos, por cumprimento de Mandado de Prisão Preventiva expedido em desfavor do mesmo.
DANILLO tem passagens na Polícia por crimes como apropriação indébita, furto, roubo e estupro de vulnerável.
A Polícia Civil informa que DANILLO também é suspeito de dar golpes na cidade de Pontalina, onde já é investigado por um furto e dois estelionatos.

Fonte: Delegacia De Polícia Civil Pontalina

29/11/2014: Outubro Rosa contra o Cancer de Mama / Novembro Azul contra Cancer de Prostota no Homem NASF Pontalina-Go

foto

 

29/11/2014: Outubro Rosa contra o Cancer de Mama / Novembro Azul contra Cancer de Prostota no Homem NASF Pontalina-Go

Fonte: Jeane Freitas

04/10/2014: 11º Concurso de Redação Tribuna do Planalto Estudante Guilherme Ferreira do Colégio Santa Rita de Cássia de Pontalina-Go

foto 04/10/2014: 11º Concurso de Redação Tribuna do Planalto Estudante Guilherme Ferreira do Colégio Santa Rita de Cássia de Pontalina-Go.

Fonte: Izadora Lopes

24/10/2014: SextaNeja Sertanejo com Gleydson e Rodrigo, no Espaço VIP em Pontalina-Go

espaco vip

 

24/10/2014: SextaNeja Sertanejo com Gleydson e Rodrigo, no Espaço VIP em Pontalina-Go

18/10/2014: Mais um Formatura do PROERD se aproxima e não poderíamos deixar de expressar o nosso carinho a você Márcia Moura, projeto de resistência às drogas e à violência seja um sucesso em nosso município. Colégio Estadual Santa Rita de Cássia.

fotoMais um Formatura do PROERD se aproxima e não poderíamos deixar de expressar o nosso carinho a você Márcia Moura, que além de transmitir seus conhecimentos e experiências, soube dividir com nossas crianças inúmeros momentos de alegria, amizade e descontração. Você é um exemplo de profissional dedicada que não mede esforços para que esse admirável projeto de resistência às drogas e à violência seja um sucesso em nosso município. Você é demais!!! Entre nós do Colégio Santa Rita de Cássia e você, há um elo que jamais se romperá: a nossa gratidão por você… Robiane Alaida

18/10/2014: O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades.

fotoO movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. Este movimento começou nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referente ao câncer de mama e ou mamografia no mês de outubro, posteriormente com a aprovação do Congresso Americano o mês de Outubro se tornou o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama.

Movimento Outubro Rosa

Em 1997, entidades das cidades de Yuba e Lodi nos Estados Unidos, começaram efetivamente a comemorar e fomentar ações voltadas a prevenção do câncer de mama, denominando como Outubro Rosa. Todas as ações eram e são até hoje direcionadas a conscientização da prevenção pelo diagnóstico precoce. Para sensibilizar a população inicialmente as cidades se enfeitavam com os laços rosa, principalmente nos locais públicos, depois surgiram outras ações como corridas, desfile de modas com sobreviventes (de câncer de mama), partidas de boliche e etc. A ação de iluminar de rosa monumentos, prédios públicos, pontes, teatros e etc. surgiu posteriormente, e não há uma informação oficial, de como, quando e onde foi efetuada a primeira iluminação. O importante é que foi uma forma prática para que o Outubro Rosa tivesse uma expansão cada vez mais abrangente para a população e que, principalmente, pudesse ser replicada em qualquer lugar, bastando apenas adequar à iluminação já existente. A OPAS/OMS no Brasil aderiu essa estratégia de mobilização e iluminou-se desde o dia 01 de outubro de 2014.

Dados Epidemiológicos:

O câncer de mama é o mais incidente na população feminina mundial e brasileira, excetuando-se os casos de câncer de pele não melanoma. Políticas públicas nessa área vêm sendo desenvolvidas no Brasil desde meados dos anos 80 e foram impulsionadas pelo Programa Viva Mulher, em 1998. O controle do câncer de mama foi reafirmado como prioridade no Plano de fortalecimento da rede de prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer, lançado pela presidente da República, em 2011. Respondendo por 22% dos casos novos a cada ano, se diagnosticado e tratado oportunamente, o prognóstico é relativamente bom. No Brasil, as taxas de mortalidade por câncer de mama continuam elevadas, muito provavelmente porque a doença ainda é diagnosticada em estádios avançados. Na população mundial, a sobrevida média após cinco anos é de 61%.

Relativamente raro antes dos 35 anos, acima desta faixa etária sua incidência cresce rápida e progressivamente. Estatísticas indicam aumento de sua incidência tanto nos países desenvolvidos quanto nos em desenvolvimento. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), nas décadas de 60 e 70 registrou-se um aumento de 10 vezes nas taxas de incidência ajustadas por idade nos Registros de Câncer de Base Populacional de diversos continentes.

Estimativa de novos casos: 52.680 (2012)

Número de mortes: 12.852, sendo 147 homens e 12.705 mulheres (2010)

No Brasil, a discussão de programas de rastreamento (ou rastreamento “organizado”) para o câncer de mama é relativamente recente e as ações de rastreamento “organizado”, com mamografia bienal para a população entre 50-69 anos, podem reduzir a mortalidade por câncer de mama em até 30%. Além disso, a implantação de programas de rastreamento “organizado”, seja no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) ou no sistema suplementar, deve priorizar os critérios técnicos, econômicos, sociais e ético em relação ao critério político.

Fonte: Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva – INCA [Homepage]. Consultado em: 13/10/2014.

Rastreamento

O rastreamento é uma estratégia dirigida às mulheres na faixa etária em que o balanço entre benefícios e riscos da prática é mais favorável, com maior impacto na redução da mortalidade. Os benefícios são o melhor prognóstico da doença, com tratamento mais efetivo e menor morbidade associada, enquanto os riscos ou malefícios incluem os resultados falso-positivos e falso-negativos, que geram ansiedade ou falsa tranquilidade à mulher; o sobrediagnóstico e o sobretratamento, relacionados à identificação de tumores de comportamento indolente; e o risco da exposição à radiação ionizante, se excessiva ou mal controlada [3].

O rastreamento pode ser oportunístico ou organizado. No primeiro, o exame de rastreio é ofertado às mulheres que oportunamente chegam às unidades de saúde, enquanto o modelo organizado é dirigido às mulheres elegíveis de uma dada população que são formalmente convidadas para os exames periódicos. A experiência internacional tem demonstrado que o segundo modelo apresenta melhores resultados e menores custos [4].

Em países que implantaram programas efetivos de rastreamento, com cobertura da população-alvo, qualidade dos exames e tratamento adequado, a mortalidade por câncer de mama vem diminuindo. As evidências do impacto do rastreamento na mortalidade por esta neoplasia justificam sua adoção como política de saúde pública, tal como recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) [5].

No Brasil, a mamografia e o exame clínico das mamas (ECM) são os métodos preconizados para o rastreamento na rotina da atenção integral à saúde da mulher.

A recomendação para as mulheres de 50 a 69 anos é a realização da mamografia a cada dois anos e do exame clínico das mamas anual. A mamografia nesta faixa etária e a periodicidade bienal é a rotina adotada na maioria dos países que implantaram o rastreamento organizado do câncer de mama e baseia-se na evidência científica do benefício desta estratégia na redução da mortalidade neste grupo. Segundo revisões sistemáticas recentes, o impacto do rastreamento mamográfico na redução da mortalidade por câncer de mama pode chegar a 25% [6] [7] [8].

Para as mulheres de 40 a 49 anos, a recomendação é o exame clínico anual e a mamografia diagnóstica em caso de resultado alterado do ECM. Segundo a OMS, a inclusão desse grupo no rastreamento mamográfico tem hoje limitada evidência de redução da mortalidade [5]. Uma das razões é a menor sensibilidade da mamografia em mulheres na pré-menopausa devido à maior densidade mamária.

Além desses grupos, há também a recomendação para o rastreamento de mulheres com risco elevado de câncer de mama, cuja rotina deve se iniciar aos 35 anos, com exame clínico das mamas e mamografia anuais [9]. Segundo o Consenso de Mama, risco elevado de câncer de mama inclui: história familiar de câncer de mama em parente de primeiro grau antes dos 50 anos ou de câncer bilateral ou de ovário em qualquer idade; história familiar de câncer de mama masculino; e diagnóstico histopatológico de lesão mamária proliferativa com atipia ou neoplasia lobular in situ [9]. A definição sobre a forma de rastreamento da mulher de alto risco não tem ainda suporte nas evidências científicas atuais e é variada a abordagem deste grupo nos programas nacionais de rastreamento. Recomenda-se que as mulheres com risco elevado de câncer de mama tenham acompanhamento clínico individualizado.

Fonte: Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva – INCA [Homepage]. Consultado em: 13/10/2014.

Referências:
[1] WORLD HEALTH ORGANIZATION. Cancer Control. Knowledge into action. WHO guide for effective programmers. Early Detection Module. Switzerland: WHO, 2007. Disponível em:   Acesso em: 2 abr. 2009.

[2] THORNTON, H. e PILLARISETTI, R.R. ‘Breast Awareness’ and ‘breast self-examination’ are not the same. What do these terms mean? Why are they confused? What can we do? European Journal of Cancer, 2008; vol.44, pag.2118-2121.

[3] BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Rastreamento (Série A: Normas e Manuais Técnicos. Cadernos de Atenção Primária nº29). Brasília, 2010.

[4] INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER JOSÉ ALENCAR GOMES DA SILVA (Brasil). Encontro Internacional sobre Rastreamento do Câncer de Mama – Resumo das Apresentações. Rio de Janeiro, 2008.

[5] WHO. World Health Organization. International Agency for Research on Cancer. World Cancer Report 2008. Lyon: 2008.

[6] U.S. Preventive Task Force. Screening for Breast Cancer: U.S. Preventive Task Force Recommendation Statement. Annals of Internal Medicine, 2009; vol.151 (10), pag. 716-724.

[7] Gøtzsche PC, Nielsen M.Screening for breast cancer with mammography. Cochrane Database of Systematic Reviews 2006, Issue 4. Art.Nº.: CD001877. DOI: 10.1002/14651858.CD001877.pub2

[8] AETMIS. Agence d’évaluation des technologies et dês modes d’intervention en santé. Report prepared by Wilber Deck with the contribuition of Ritsuko Kakuma. Screening mammography: a reassessment. Montreal: AETMIS, 2006. Disponível em internet: http://www.aetmis.gouv.qc.ca/site/download.php?f=48202dfec055e10d2333f594c7d1b1b4

[9] INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER JOSÉ ALENCAR GOMES DA SILVA (Brasil). Controle do Câncer de Mama: Documento do Consenso. Rio de Janeiro, 2004.

Fonte: http://www.paho.org

18/10/2014: Nos dias de hoje muito se fala sobre a urgência que temos em proteger os recursos naturais, e dentro destas questões a água é sempre tratada como um recurso escasso que necessita ser protegido urgentemente.

fotoNos dias de hoje muito se fala sobre a urgência que temos em proteger os recursos naturais, e dentro destas questões a água é sempre tratada como um recurso escasso que necessita ser protegido urgentemente.
Conforme a Constituição Federal no Art. 225. Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao poder público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações.
LEI Nº 9.605, DE 12 DE FEVEREIRO DE 1998.
• Art. 38. Destruir ou danificar floresta considerada de preservação permanente, mesmo que em formação, ou utilizá-la com infringência das normas de proteção:
• Art. 39. Cortar árvores em floresta considerada de preservação permanente, sem permissão da autoridade competente
• Art. 48. Impedir ou dificultar a regeneração natural de florestas e demais formas de vegetação:

No ano de 2007 foi feito um Termo de Compromisso e Ajustamento de Conduta, onde o dever legal do proprietário era de recuperar as Áreas de Preservação Permanente – APP’s. Onde cada proprietário assumia a obrigação de fazer, no prazo máximo e improrrogável de 60 dias, cercar, com material resistente, toda a área de preservação permanente as margens do Ribeirão Boa Vista, uma faixa de 30 metros, ficando autorizado também a deixar uma faixa de 15 metros, para servir de bebedouro para os animais. Tendo também que fazer no prazo máximo e improrrogável de 06 meses, a elaboração de um projeto técnico para demarcar e registrar a necessária reserva legal.
No ano de 2009 foi encaminhado a esta Promotoria um relatório de campo, onde foi descrito como se encontrava as APP’s do Ribeirão Boa Vista.

. Pensando nisso o Ministério Público de Pontalina encaminhou a secretaria de meio ambiente a tarefa de fazer um relatório detalhado da real situação do uso e conservação do manancial do Córrego Boa Vista, desde a nascente até a captação de agua.

Para este diagnóstico foram realizados vários procedimentos:
• 1º – No dia 24 de setembro de 2014,foi feita a medição da vazão do córrego.
• 2º – Nos dias 14 e 15 de outubro de 2014,foi verificado a qualidade da cerca que protege a APP-Área de Preservação Permanente( área protegida, coberta ou não por vegetação nativa, com a função ambiental de preservar os recursos hídricos, a paisagem, a estabilidade geológica e a biodiversidade, facilitar o fluxo gênico de fauna e flora, proteger o solo e assegurar o bem-estar das populações humanas;), se foi respeitado a distância exigida, se houve regeneração ou se foi feito o plantio de novas espécies. Foi encontrado bombas de irrigação sem a devida autorização.

Esperamos que através desse, possamos chamar a atenção de toda a comunidade, e de nossas autoridades competentes, a respeito do bem maior e não renovável que nós temos. A ÁGUA.

Apos sete anos a realidade do córrego pouco mudou, onde se constata a ausência de cerca, a falta de vegetação e a presença de animais (bovinos,equinos e bubalinos) pisotiando os olho d’agua fazendo com que as margens se deteriorem; tal processo vem causar o desbarrancamento das margens e consequentemente o assoreamento do veio d’agua.

Necessitamos implementar imediatamente políticas de conservação dos recursos hídricos de nosso município, especialmente do Córrego Boa Vista, principal fonte de abastecimento de nossa cidade. E preciso combater o desperdiço e para citar como exemplo: avenida Bahia, onde os comerciantes tem a pratica de lavar as calçadas e vitrines diariamente. Esta postura deixa claramente a falta de conhecimento para o uso dos recursos hídricos disponíveis em nosso município que, a cada dia vem diminuindo.

Fonte: Secom Pontalina

18/10/2014: Encerra-se nesta segunda-feira, 20, o prazo de inscrições para a oitava oferta de cursos presenciais do programa Inglês sem Fronteiras. São 4.395 vagas, distribuídas entre as universidades parceiras.

fotoEncerra-se nesta segunda-feira, 20, o prazo de inscrições para a oitava oferta de cursos presenciais do programa Inglês sem Fronteiras. São 4.395 vagas, distribuídas entre as universidades parceiras.

As aulas são realizadas pelas instituições de educação superior credenciadas como núcleo de línguas (NucLi) do programa. O foco dos cursos é a preparação para exames de proficiência em inglês acadêmico e em aspectos culturais de países anglófonos.

Podem concorrer às vagas os estudantes que preencham, cumulativamente, os seguintes requisitos:

  • Ser estudante de graduação, mestrado ou doutorado, com matrícula ativa nas universidades federais credenciadas como núcleos de línguas;

  • Ser estudante participante e ativo no curso My English On-line, cuja inscrição tenha sido validada com até 48 horas de antecedência à inscrição no núcleo de línguas;

  • Ter concluído até 90% do total de créditos da carga horária do curso.

A carga horária do curso presencial é de quatro aulas de 60 minutos cada, podendo ser distribuídas em dois, três ou quatro encontros semanais. Os locais e horários das aulas ficam a critério de cada universidade.

A inscrição, gratuita, pode ser feita na página do Inglês sem Fronteiras na internet, opção Inscrição núcleo de línguas. Após a confirmação da matrícula, o aluno deve assinar o termo de compromisso junto ao NucLi do programa.

As aulas têm início no dia 27 próximo.

Assessoria de Comunicação Social Fonte: http://portal.mec.gov.br

17/10/2014: Final do Campeonato Regional de Futsal Pontalina 6 x 3 Edéia no Ginásio de Esportes de Pontalina-Go. Parabéns Pontalina Campeões.

foto117/10/2014: Final do Campeonato Regional de Futsal Pontalina 6 x 3 Edéia no Ginásio de Esportes de Pontalina-Go. Parabéns Pontalina Campeões.

Fonte: Maicon Trance

17/10/2014: Final do Campeonato Municipal de Futsal Suma 5 x 4 rc representações no Ginásio de Esportes de Pontalina-Go, Parabéns a Suma campeões.

foto17/10/2014: Final do Campeonato Municipal de Futsal Suma 5 x 4 rc representações no Ginásio de Esportes de Pontalina-Go, Parabéns a Suma campeões.

Fonte: Maicon Trance